Entre 2014 comecei a ser ativo em grupos no Facebook e Telegram, eram grupos variados de Linux, política, livros, RPG, hacking, cyberpunk, arte e programação em geral. Podia ficar um tempo absurdo só tentando provar meu ponto, discutindo com gente que nunca vi na vida.